Pular para o conteúdo principal

Crítica: Harvey (2001)

Nojento! Asqueroso! Bizarro e brilhante!

Harvey é o curta-metragem mais maluco que eu conheço, sem tempo pra permear um assunto, até como curta-metragem, é obrigado a ir direto ao ponto, e é o que ele faz, e muito bem, por sinal.




Vou dar alguns spoilers aqui, mas é mais uma análise do que spoiler, acredito que num filme de 10 minutos não tem muito aonde spoilar (risos).

Com uma abordagem extrema e perturbadora o filme mostra a triste vida de Harvey (Nicholas Hope - Anaconda 2, Tashunga), um homem que vive pela metade em uma casa escura num apartamento, sempre a olhar pelas brechas da porta por sua outra metade, quando percebe uma nova vizinha, Lily (Lisa Angove) e chama por socorro...
Help...
Mas sua voz é tão fraca que ela não escuta nada, dai então, ele se torna obscecado por tentar dominá-la, ou tê-la como sua outra cara-metade.


Ele invade a casa de Lily e entra no banheiro, ela se assusta muito, uma reação muito comum, não é todo dia que vemos um homem pela metade andando no nosso banheiro, assustada, a mulher, que tomava banho fica então atônita, pasma, sem nenhuma reação... Ela então escorrega e cai na banheira, batendo a cabeça, aonde desmaia por alguns instantes...


Quando Lily acorda, o homem parecia possuir uma metade sua, ela fica assustada e sem entender aquilo, mas logo passa a se 'acomodar', Harvey se sente completo porém uma aberração e mostro, como nunca antes.


Após, tentar forçar Lily a aceitar-lhe como sua metade, Harvey percebe o mal que está fazendo a ela, então devolve sua metade, e volta para seu lugar... Fim. Bom, o legal desse curta é a bizarrice num geral, bastante insano, lembro que quando vi a primeira vez, há uns 4 ou 5 anos tive bastante interesse, mesmo que seja simples tem efeitos especiais até que bem feitos.



ANÁLISE:

O curta apresenta uma boa estética, todo em preto e branco, a produção de efeitos ficou boa, porém os atores parecem atores de bico, pelo que pudi encontrar deles na internet eles tem um currículo bem fraco, o diretor ainda menos, não achei nada dele, mas fica aqui a dica, ainda continua sendo um dos meus curtas prediletos.


NOTAS:

Requintes de crueldade: 7,0
Seriedade: 9,5
Grau de clássico trash: 0,5
Efeitos especiais: 8,0
Nível de tosquice: 10,00
Bizarrice: 10,00
Atuação: 6,5
Trilha sonora: 9,0
Enredo: 8,0
Gore: 10,00

Definição ideal: Trash com estética de clássico
Nota final: 9,5



Já almoçou? Porque é bem grotesco, aqui está o curta completo (não tem falas):

  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

35 imagens em preto e branco dos bastidores de "O Exorcista" (1973) em alta definição!

Sem sombra de dúvidas, um dos filmes mais adorados do gênero de Terror é O Exorcista (1973) de William Friedkin, o filme mais clássico e marcante de exorcismos que o mundo já viu, e para tira gosto (eu sei que é muito pouco) mas deixou aqui essas 35 imagens em preto e branco dos bastidores de "O Exorcista" (1973) em alta definição! Em breve tem mais, não esqueçam de curtir, seguir e fiquem a vontade para comentar o que quiserem comentar.



























E como esquecer... Dessas? Clássicas.






Fonte das imagens: Todas retiradas no Google, melhoradas.
Todos os direitos reservados aos autores das imagens, uso sem fins lucrativos.

10 Episódios indispensáveis de Contos da Cripta

Você quer assistir ao Contos da Cripta mas não tem tempo ou paciência para enfrentar 2.340 minutos (ou 39 horas) de episódios? Tudo bem, iremos dar a recomendação de 10 episódios essenciais e os melhores de todos, na minha humilde opinião de fã de carteirinha da série... Até porque muitos episódios não valem a pena e outros com exceções de elenco ou curiosidades, não é caso destes 10 eps. Todos são excelentes, de uma forma ou de outra, e são indispensáveis por estarem acima da média, indicado para fãs de Terror anos 80 e 90.

Um fato é que a maioria dos eps. da série contou com plot twists, reviravoltas, coisas que te pegam de surpresa no finalzinho, e isso foi difícil de se esquivar até mesmo nessa lista variada, de seasons variadas, sendo que quatro ou cinco episódios podem ter essas características, mas são todos bons e possuem seus diferenciais, e do primeiro ao quinto são os melhores que já vi da série, indiscutivelmente para mim (podendo alterar as ordens, com exceção do primeir…

Os brilhantes mapas dos Estados Unidos e Europa representados por filmes de terror!

Um usuário do imgur publicou algo muito curioso: Todos os estados dos Estados Unidos da América com suas respectivas localidades e estados e dando uma referência de vários grandes filmes de terror foram filmados, uma em cada estado.

Isso me deu a ideia de fazer esta postagem, é sempre interessante conhecer sobre esse tipo de coisa, e olhando por esses mapas temos uma percepção diferente, mais próxima, de alguma forma. Bem curioso pela trivia, fora casos peculiares de obviedades como Texas Chainsaw Massacre, que todos sabem onde foi feito, é legal conhecê-los dessa outra maneira. Confira:

*Vou deixar um mapa com os nomes dos estados abaixo.





E se você pretende visitar lá... Cuidado!



No entanto, essa ideia de um mapa com filmes de terror não é tão nova. Há um tempo atrás alguém do blog Reddit postou um super-mapa com diversos filmes do gênero por estado, você pode confirir aqui o PDF original em alta qualidade. Ou, caso prefira, clicar na imagem abaixo, para abrir uma nova janela.



E par…