sexta-feira, 14 de março de 2014

Trashografia: Afonso Brazza


Afonso Brazza foi um grande pioneiro do cinema nacional de baixo orçamento,  sou suspeito pra falar mas acho que posso afirmo que foi um grande herói quando o assunto é Trash nacional, e de fato, trash por definição, ele é símbolo do orgulho nacional, um cara simples pra caramba que teve sua chance e aproveitou muito bem, com Afonso Brazza existe um grande detalhe, só gosta quem pode enxergar arte no cinema trash, a película feita para divertir, feito por gente que pode não ter condições, mas sempre dá um jeitinho de fazer o que ama, e é underground. 


História de Brazza:


Afonso Brazza nasceu em São João do Piauí, município brasileiro do estado do Piauí, em '55, sua família era de uma cidade daqui de Brasília chamada Gama, que fica no entorno de Brasília na verdade, ele cresceu ali e ali passou grande parte de sua vida, por volta dos 12 anos, em '69 ele partiu pra SP e passou a conhecer diversos artistas do meio do cinema nacional, dentre eles o lendário José Mojica, que já cinco anos antes fazia ''À Meia-noite Levarei Sua Alma'', um grande clássico nacional, ou seja Mojica já tinha mais que estabelecido o enigmático Zé do Caixão, isto foi imprescindível para desflorir a vontade de trabalhar por trabalhar, e ali começou a fazer  contato com artistas e com todo o cenário da Boca do lixo.


Ainda aos 12, ele trabalhava numa pastelaria no período matutino e, à tarde, começou a conseguir participação na equipe técnica em elenco de produções, aonde atuou em seus primeiros filmes como ''A Filha do Padre'' e ''Traídas pelo Desejo'' de '75 e '76 respectivamente, ambos, filmes de Tony Vieira.


Mais tarde, começou a conseguir pontas importantes como no filme '' O Trapalhão no Planalto dos Macacos'', o primeiro filme com participação de Mussum, já com 20 anos.


Carreia dirigida:

De volta a Brasília, casado com a atriz Claudete Joubert, atriz muito conhecida nos pornochanchadas da década de 70 e 80, tornou-se bombeiro por profissão, mas resolve ser cineasta por opção. Depois de algumas incursões solitárias, o casal Brazza e Joubert estreiam em Inferno no Gama (1993). Com parcos recursos, o cineasta filmava com negativos quase vencidos, o que atribuia cores diferentes a suas películas, as vezes as cores se tornavam fracas ou com mais contraste. 


Brazza sempre se preocupava com o áudio de seus filmes, sempre levando-os ao estúdio para dubladores profissionais, o que ele aprendeu com os Pornochanchadas setentistas ainda quando estava na Boca do Lixo, no começo, alguns de seus filmes foram dublados de maneira amadora, o que não representava problema algum, mas Brazza tinha planos de levar seu trabalho ao máximo para o profissionalismo da película, com um bom equipamento, mas nunca alterando a ''escatologicidade'' de seus filmes, ele jamais abria mão do Trash por definição.


Perguntado sobre a fama, respondeu: "Eu não quero fama. Eu quero estar sempre na memória das pessoas, mas lentamente. A fama leva à destruição, é instantânea e, por isso mesmo, faz mal, faz você passar por cima de tudo, inclusive dos amigos. A fama é curta. Eu quero admiração e respeito. é uma fama simples, do meu jeito".

Afonso Brazza e sua esposa Claudete Joubert atuando juntos


Seu filme Tortura Selvagem custou 240 mil reais, um recorde para os padrões de Brazza. Em Brasília, o filme se manteve em uma sala de cinema por quatro semanas, com mais de dois mil ingressos vendidos, performance não alcançada por seus concorrentes do momento: Memórias Póstumas, de André Klotzel, e Domésticas, de Fernando Meirelles e Nando Olival. O filme contou com participações especiais de José Mojica (Zé do Caixão), numa ponta no mínimo engraçada... De Digão e Rodolfo, ambos membros da banda nacional Raimundos, na época. O filme também contou com pessoas do cenário artístico e político brasiliense como a esposa do deputado Joaquim Roriz, Liliane Roriz, do também deputado Ricardo Noronha e de Henrique Chaves, atualmente no Balanço Geral do DF, que nos tempos era também ator, e Fábio Marreco, conhecido produtor de Brasília.



Ao falecer, Brazza deixou "Fuga sem Destino", seu ultimo filme inacabado. Ainda no leito do hospital pediu ao amigo e cineasta Pedro Lacerda para que não deixasse seu filme parado. Pedro Lacerda aceitou o desafio e em 2006 concluiu Fuga Sem Destino, que teve sua estreia no festival de Brasília com a presença de todo o elenco e também do ator Selton Mello.

Recentemente, segundo dizem boatos de paredes, Claudete Joubert, ex-esposa do falecido Brazza se converteu a religião evangélica, tomada por um extremo de querer esquecer o passado, ela destruiu todos os filmes que havia feito com Brazza, felizmente muitos destes filmes existem até hoje em diversos lugares, e vários deles na internet, com excessão dos filmes do início da carreira de Brazza.


Curiosidades:
  • Uma das coisas mais peculiares dos filmes de Brazza é seu ''desleixo'' com as cenas, era escrachado sem outras palavras, ao exemplo, em uma cena de seus filmes a espada de um dos vilões quebrou enquanto se rodava o filme, Brazza optou por continuar a cena mesmo com a espada quebrada.
  • Em ''A Tortura Selvagem'' de 2001 (seu filme de maior sucesso), alguns dos atores não tiveram roteiro de fala em algumas cenas, o que deixou bastante nítido o improviso, coisa que para Brazza era muito importante, fazia parte da essência de seus filmes, muitos de seus filmes contavam com a proatividade e criatividade do próprio ator, o que necessitada de espontaneidade.
  • Brazza se preocupava muito em mostrar os pontos turísticos e mais históricos de Brasília, chegando a em diversas cenas somente fazer um geral com personagens, por mais que nada acontecesse naquela cena, ele foi o único a fazer isto.
  • Ainda em ''Tortura Selvagem'', uma das cenas do filme é editada de maneira no mínimo cômica, aonde Fábio Marreco adentra o recinto com seus capangas, a cena foi colocada duas vezes, aonde num pico rápido pode-se perceber ele entrando, a edição propositalmente meia-boca sempre esteve presente em seus filmes, algumas das vezes não havia linearidade de cenas nos filmes de Brazza, uma cena se passava com aquele personagem e logo após, outra cena com o mesmo já em outro lugar completamente diferente, e logo após, novamente na cena anterior, era comum e intencional.


Cenas marcantes:



Filmografia completa:

Como diretor:

1982 O matador de escravos
1985 Os Navarros em Trevas de Pistoleiros entre Sexo e Violência
1991 Santhion nunca morre
----------------------------------------------------------------
1993
 Inferno no Gama 

1995
Gringo não perdoa, mata

1998
 No eixo da morte
 

2002
 Fuga sem destino

2001
Tortura selvagem - A grade

Como ator:
2002 - Fuga sem destino
2001 - Tortura selvagem - A grade
2000 - Surfista invisível (curta-metragem)
1998 - No eixo da morte
1995 - Gringo não perdoa, mata
1993 - Inferno no Gama
1991 - Santhion nunca morre
1985 - Os Navarros em Trevas de Pistoleiros entre Sexo e Violência
1982 - O matador de escravos
1977 - As Amantes de um Canalha
1976 - O Trapalhão no Planalto dos Macacos
1976 - Traídas pelo Desejo
1975 - A Filha do Padre

Filmes Completos:

Tortura Selvagem (2001)


No Eixo da Morte (1998)



Gringo Não Perdoa, Mata! (1995)




Inferno no Gama (1993)



Santhion Nunca Morre (1991)



Compartilhe:

1 comentários:


  1. https://www.facebook.com/Memoria-TV-Cinema-915112058525444/

    contato (PEÇA CATALOGO ILUSTRADO) magobardo@yahoo.com

    Ficção rara como "TURISTA ESPACIAL".. PERRY RHODAN legendado ;serie como CENTENNIAL LEGENDADA, desenhos como BRUCUTU...filmes nacionais como O CARA DE FOGO, GREGORIO 38 E MUITOS OUTROS rarissimos
    FILMES e series (desde 1940) ,fora-de-catalogo,todos os generos.. Dublagens antigas (AiC-SP, CineCastro,BKS, DublaSom..)
    NOVELAS RARAS COMO SELVA DE PEDRA, DE CORPO E ALMA (DANIELA PEREZ), ZAZÁ, ANJO DE MIM, PECADO CAPITAL,CORAÇÃO SELVAGEM, BETTY A FEIA ...E MUIIITO MAIS (Programas da TV,auditorio,humor,MPB etc..)
    MEMÓRIA DA T V E DO CINEMA-

    ResponderExcluir



Visualizações do blog

conheça

https://hellblogdavan.blogspot.com.br/

+Parceiros

http://www.horrorgrafia.com.brhttp://www.attackfromplanetb.com/
http://www.bibliotecadoterror.com.br/
http://phantasmbr.blogspot.com
http://grindhousebrasil.blogspot.com.br/
https://imagemcamera.wordpress.com/
https://terrormania42.wordpress.com
http://uhpblog.blogspot.com.br/
http://cerebroinfernal.blogspot.com.br
http://mausoleudoterror.blogspot.com.br/
https://pulpmetalmagazine.com/
https://shedemonszine.blogspot.com.br
http://sessaodomedo.blogspot.com.br/