Pular para o conteúdo principal

Crítica: Annabelle (2014)




Titulo: Annabelle 
Ano: 2014
Direção: John R. Leonetti
Orçamento: US$ 6,500,000 (Segundo o Imdb)

"Annabelle" conseguiu conquistar um público já formado por seu trabalho no ótimo “Invocação do Mal”. Com uma premissa boa, só faltou desenvolver a história e também fazer um bom roteiro que é o fundamental.

O criador de filmes de terror e também a sensação de Hollywood hoje em dia, quando se entra nessa área é James Wan. O coreano que se lançou com a franquia “Jogos Mortais”, logo conquistou o publico desse gênero e também os saudosistas de plantão já que ele não usa efeitos especiais e sim efeitos práticos, como foi feito com “Gritos Mortais” que lembra um pouco “Annabelle”. Como já disse os efeitos práticos, com o diretor John R. Leonetti consegue transformar a áurea de terror sem ser explicito coisa que Wan vem fazendo escola.



Os primeiros atos do filme são bem construídos e apresentados, primeiro porque o filme se passa nos anos 60 e vemos um jovem casal que se prepara para a maternidade enfrentando as diversidades de serem jovens e terem que cuidar de um filho, se sustentarem e também encarar um novo mundo, ou melhor, uma nova liberdade social. O filme também fala de outro fato marcante que marcou os anos 60 que era o culto da família Manson. Essa onda de ocultismo abalou muito essa década, primeiro por mostrar os assassinatos que foram comandados por eles, como também cultos satanistas que virou febre nos anos 60 nos E.U.A. O bebê de Rosemary que trata também de ocultismo, estreava nessa década e a mulher do Roman Polanski a atriz Sharon Tate, foi morta pela família Manson. Toda essa década é colocada em cena.

Mas a história do filme não tem muitas novidades. É legal como mostra todo o seu contexto do tipo uma família que tem uma boneca possuída, mas na verdade a boneca é só uma caixa para guardar o demônio que está dentro dela. Essa história é legal e até bem desenvolvida, apesar de algumas partes se manterem superficiais. A partir do culto como tema estabelecido eles trabalham a idéia do sobrenatural afetando a vida do casal. Mais ainda de Mia (Annabelle Wallis) que fica chocada com o assassinato dos seus vizinhos e a partir daí ela começa a ver o mundo diferente do que via antes, acho que o encanto da cultura do “american dream” e do “way of life”, perderam o brilho para ela. Então eles mudam de casa e começam uma vida nova.




O filme também apresenta várias homenagens, como o prédio onde o casal vai morar parecido com o de “O bebe de Rosemary” e também algumas cenas com o demônio já no final do filme é uma homenagem ao “Sobrenatural” de 2010 do diretor James Wan, principalmente pelos efeitos práticos. O que estraga o filme é o final que se perde muito e parece que eles tentam arranjar uma solução rápida para aquilo tudo. Como o demônio precisa de uma alma para ser corrompido, ele tenta a de Mia, mas ela volta atrás porque seu marido a convence a não morrer para salvar a filha, então a dona de uma loja de livros que Mia conhece há dois dias se sacrifica para poder salvar o casal. Achei essa solução muito desesperada e também muito fácil para os roteiristas, ficou faltando algo no ar, aquele clima de terror bom mesmo.

O sete flecha possuindo Annabelle 
Apesar dos sustos e que são muitos e também a qualidade do filme, ele ainda deixa algo a desejar, coisa que os filmes do James Wan como o próprio “Invocação do Mal” conseguiu completar. Mas ainda sim, vale apena assistir o filme e ver a famosa “Annabelle”, já que se trata de uma história real e que o deixa um pouco mais com uma áurea de suspense por causa disso, mas serviu como uma abertura para um próximo filme que vai ser lançado em 2016.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

35 imagens em preto e branco dos bastidores de "O Exorcista" (1973) em alta definição!

Sem sombra de dúvidas, um dos filmes mais adorados do gênero de Terror é O Exorcista (1973) de William Friedkin, o filme mais clássico e marcante de exorcismos que o mundo já viu, e para tira gosto (eu sei que é muito pouco) mas deixou aqui essas 35 imagens em preto e branco dos bastidores de "O Exorcista" (1973) em alta definição! Em breve tem mais, não esqueçam de curtir, seguir e fiquem a vontade para comentar o que quiserem comentar.



























E como esquecer... Dessas? Clássicas.






Fonte das imagens: Todas retiradas no Google, melhoradas.
Todos os direitos reservados aos autores das imagens, uso sem fins lucrativos.

10 Episódios indispensáveis de Contos da Cripta

Você quer assistir ao Contos da Cripta mas não tem tempo ou paciência para enfrentar 2.340 minutos (ou 39 horas) de episódios? Tudo bem, iremos dar a recomendação de 10 episódios essenciais e os melhores de todos, na minha humilde opinião de fã de carteirinha da série... Até porque muitos episódios não valem a pena e outros com exceções de elenco ou curiosidades, não é caso destes 10 eps. Todos são excelentes, de uma forma ou de outra, e são indispensáveis por estarem acima da média, indicado para fãs de Terror anos 80 e 90.

Um fato é que a maioria dos eps. da série contou com plot twists, reviravoltas, coisas que te pegam de surpresa no finalzinho, e isso foi difícil de se esquivar até mesmo nessa lista variada, de seasons variadas, sendo que quatro ou cinco episódios podem ter essas características, mas são todos bons e possuem seus diferenciais, e do primeiro ao quinto são os melhores que já vi da série, indiscutivelmente para mim (podendo alterar as ordens, com exceção do primeir…

Os brilhantes mapas dos Estados Unidos e Europa representados por filmes de terror!

Um usuário do imgur publicou algo muito curioso: Todos os estados dos Estados Unidos da América com suas respectivas localidades e estados e dando uma referência de vários grandes filmes de terror foram filmados, uma em cada estado.

Isso me deu a ideia de fazer esta postagem, é sempre interessante conhecer sobre esse tipo de coisa, e olhando por esses mapas temos uma percepção diferente, mais próxima, de alguma forma. Bem curioso pela trivia, fora casos peculiares de obviedades como Texas Chainsaw Massacre, que todos sabem onde foi feito, é legal conhecê-los dessa outra maneira. Confira:

*Vou deixar um mapa com os nomes dos estados abaixo.





E se você pretende visitar lá... Cuidado!



No entanto, essa ideia de um mapa com filmes de terror não é tão nova. Há um tempo atrás alguém do blog Reddit postou um super-mapa com diversos filmes do gênero por estado, você pode confirir aqui o PDF original em alta qualidade. Ou, caso prefira, clicar na imagem abaixo, para abrir uma nova janela.



E par…