Pular para o conteúdo principal

Assuntando o vampiro Radu em breve análise da franquia "Subspécies", vale a pena?

Contém alguns spoilers e críticas das estruturas dos filmes.

Eu particularmente ainda acho que os três primeiros "Subspécies" são filmes excepcionais de vampiro da primeira metade dos anos 90, pouco se fez neste período que se equivalha, mesmo que até o terceiro filme ainda tido algum rendimento de baixa decadência, o quarto já foi um desastre, o Bloodstorm, pode ser classificado como uma decepção para os seus três sucessores e que no bondoso uso das palavras foi 99% desnecessário. Eu sei que muitos não concordariam comigo em dar tanta menção a esta franquia, e de fato conheço algumas pessoas que não conseguem gostar destes filmes por mais indicação e elogios otimistas que eu possa conceder, mas eu curto bastante e vou explicar o porque.




Mal comparando, sei que nunca que vai ser um clássico como os do Christopher Lee em seus reprisados papéis como Drácula nos filmes da Hammer (e isso para não comparar com Lugosi e ser tratado como herege), o Drácula do Lee era contextualmente e elegantemente bem mais maduro e sério (não que o "Subs" não seja), na estrutura da história havia bem mais para cativar o espectador, a atuação, antes de mais nada era mais empenhada (à despeito desse cunho mais do "teatral"), personagens e suas construções eram até mais cativantes, inclusive tais personagens se portavam como dignos de uma interpretação rica como por exemplo em "Horror of Dracula", primeiro com Lee, clássico e um dos meus prediletos com ele, já sucedido por vários outros de apreciação popular mais variáveis e discutíveis, não estou dizendo que sejam ruins também.

Uma coisa chama atenção negativamente em ambos os filmes, por sinal, os absurdos toscos embora curiosos, como no "Subespécies" onde Radu tem o poder de ser teletransportar através das sombras e mover-se como que na velocidade da luz... Mesmo assim soa mais interessante que um vampiro que se transforma em morcego como é visto no Drácula do Lee e do Lugosi.




Por um outro lado, certas coisas simplesmente não deixam a desejar para qualquer outro clássico vampiresco no qual "Subspécies" se compare, a exuberante e medonha trilha sonora, as maquiagens, Fotografia de qualidade... Sei que nenhum destes aspectos serve como base para um filme em si, são formas importantes de auxílio, e em nada se equivalem a um roteiro original e criativo, mas valem a pena a menção. Tal como o fato de algumas originalidades incomuns nos filmes, como a pedra de sangue, as unhas largas que mais lembram "Nosferatu", o primórdio dos clássicos de vampiro, mas que neste filme quando arrancadas passam a ganhar vida próprias com seres que se transformam em verdadeiros demônios, dando uma feição bem mais maligna ao personagem, genial. Fora estes detalhes, nada demais.


Analisando o lado aproveitável da franquia "Subspécies" como falei antes, a maneira como tudo é procedido por todo um clima autêntico e um tanto quanto macabro com todos aqueles cenários estonteantes e também autênticos (nada comparável com o colosso que é o castelo no clássico do Drácula de '31 por exemplo, mas possui sim sua beleza e charme próprios), e uma história curiosa em torno de nada mais que dois personagens num joguinho de domínio e perversidade, o filme em muito se difere de vários genéricos com vampiros feitos neste mesmo período ou até antes.




A produção visual é uma das coisas que mais me chama atenção, arrojada realmente (principalmente se visto em BD), apesar dos atores e suas respectivas atuações nada dignas de atenção acadêmica (para não dizer outras coisas), mas tudo me leva a crer que o vilão é a chave de tudo nesta franquia, sem ele nem sequer haveria sequência.


Misterioso e enigmático, Radu, de natureza perversamente mais grotesca, é um dos maiores acertos (senão o maior) dessa sucessão de filmes de qualidade variável. Em geral, se mal comparando novamente, é como uma versão do Drácula mais diabólica no sentido realmente literal da palavra, e coincidentemente ou não, Radu está sempre em conflito ao tentar se ''conciliar'' com uma mortal antes transformada. O grande vilão é tão icônico e marcante quanto qualquer outro ícone do gênero, Pinhead, Tall man servem como bons exemplos, ele é implacável embora possua fraquezas, e isso que é a beleza dessas franquias, ninguém iria se interessar (ainda mais em um filme de vampiros) com vilões imortais como Krueger, Jason e Myers são por exemplo.




Em conclusão, acho que à serviço dos exemplos citados acima, quem gosta de "Hellraiser", ou "Phantasm" (principalmente o original) deveria assistir ao "Subspécies", indico os 2 primeiros filmes, se você não gostar nem perca tempo assistindo ao terceiro filme que é certeza que você não vai gostar, ainda mais sendo que o segundo e terceiro filme seguem mais ou menos um mesmo padrão. Para os fãs de filmes de vampiro, é uma boa, ainda mais os que dão valor e preservam a necessidade de bons cenários, ainda mais como a Transilvânia clássica em vista.


Então, sabendo os defeitos desta franquia, de consolidação relativamente fraca de personagens, sendo que mais vale a pena pelo vilão, se você não é grande fã de filmes de vampiro eu indicaria que você passasse longe desse filme, até assistir alguns clássicos antes deste, abra sua mente um pouquinho e tente assistir ao primeiro filme, se você não julgar necessário vá em frente.

Comentários

  1. Subspecies é um dos meus filmes de vampiros favoritos!

    ResponderExcluir
  2. Realmente, Radu é um personagem mto sinistro!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

35 imagens em preto e branco dos bastidores de "O Exorcista" (1973) em alta definição!

Sem sombra de dúvidas, um dos filmes mais adorados do gênero de Terror é O Exorcista (1973) de William Friedkin, o filme mais clássico e marcante de exorcismos que o mundo já viu, e para tira gosto (eu sei que é muito pouco) mas deixou aqui essas 35 imagens em preto e branco dos bastidores de "O Exorcista" (1973) em alta definição! Em breve tem mais, não esqueçam de curtir, seguir e fiquem a vontade para comentar o que quiserem comentar.



























E como esquecer... Dessas? Clássicas.






Fonte das imagens: Todas retiradas no Google, melhoradas.
Todos os direitos reservados aos autores das imagens, uso sem fins lucrativos.

10 Episódios indispensáveis de Contos da Cripta

Você quer assistir ao Contos da Cripta mas não tem tempo ou paciência para enfrentar 2.340 minutos (ou 39 horas) de episódios? Tudo bem, iremos dar a recomendação de 10 episódios essenciais e os melhores de todos, na minha humilde opinião de fã de carteirinha da série... Até porque muitos episódios não valem a pena e outros com exceções de elenco ou curiosidades, não é caso destes 10 eps. Todos são excelentes, de uma forma ou de outra, e são indispensáveis por estarem acima da média, indicado para fãs de Terror anos 80 e 90.

Um fato é que a maioria dos eps. da série contou com plot twists, reviravoltas, coisas que te pegam de surpresa no finalzinho, e isso foi difícil de se esquivar até mesmo nessa lista variada, de seasons variadas, sendo que quatro ou cinco episódios podem ter essas características, mas são todos bons e possuem seus diferenciais, e do primeiro ao quinto são os melhores que já vi da série, indiscutivelmente para mim (podendo alterar as ordens, com exceção do primeir…

Os brilhantes mapas dos Estados Unidos e Europa representados por filmes de terror!

Um usuário do imgur publicou algo muito curioso: Todos os estados dos Estados Unidos da América com suas respectivas localidades e estados e dando uma referência de vários grandes filmes de terror foram filmados, uma em cada estado.

Isso me deu a ideia de fazer esta postagem, é sempre interessante conhecer sobre esse tipo de coisa, e olhando por esses mapas temos uma percepção diferente, mais próxima, de alguma forma. Bem curioso pela trivia, fora casos peculiares de obviedades como Texas Chainsaw Massacre, que todos sabem onde foi feito, é legal conhecê-los dessa outra maneira. Confira:

*Vou deixar um mapa com os nomes dos estados abaixo.





E se você pretende visitar lá... Cuidado!



No entanto, essa ideia de um mapa com filmes de terror não é tão nova. Há um tempo atrás alguém do blog Reddit postou um super-mapa com diversos filmes do gênero por estado, você pode confirir aqui o PDF original em alta qualidade. Ou, caso prefira, clicar na imagem abaixo, para abrir uma nova janela.



E par…