Pular para o conteúdo principal

10 Filmes "Trash" que superam os padrões



Uma Noite Alucinante II (1987)

Esse filme não é Trash! Parem de falar que ele é, pelo menos na minha opinião não é, basta só olhar os padrões de produção dele, estão eternamente acima dos de uma tranqueira, dos quais não vou comparar para não ser injusto, é um filme de produção séria e que apesar da história e muitas coisas mais serem praticamente cômicas (para não dizer outra coisa), tinha o real propósito de realizá-lo de tal forma, é o estilo dele. Certamente isso é o que dá a entender que seja Trash, é que ele se apresenta de uma forma diferente de seu antecessor, num território novo e diferente e já na esteira do sucesso de antes, vimos isso repetidas vezes nos filmes, muitas vezes dá certo, muitas outras não, no caso de Evil Dead II tudo dá certo, fora o óbvio de que a história pode parecer um tanto quanto confusa porque ao mesmo tempo que dá a entender que é sequência, vemos que na realidade é um reboot, mas nem isso torna ele menos divertido,

Demons - Filhos das Trevas (1985)

Esse tem o bê-a-bá do Trash, mas não é, se é, tá acima e muito da média dos outros filmes, isso explica seu respeito pelos fãs de gênero. Não se limita a um ou outro elementos toscos, tem tudo o que o cinema nunca viu, originalidade audaciosa em fazer coisas que poderiam ser muito mal aceitas, mas com uma visão que simplesmente não tinha como dar errado, é a fórmula do sucesso no cinema de gênero, trouxe elementos completamente novos de forma brilhante. Recomendado!

Psicose Mortal (1992)
Mais do que um Thriller Trash de mistério, de longe, The Vagrant é tosco de uma maneira boa, entre os filmes de Terror mais injustamente subestimados que conheço da década de 90, a produção visual dele é extremamente mediana mas bem executada, o que por si só faria dele um Trash acima da média, mas vai além de tudo, tem Bill Paxton e grande elenco que muito vimos nos fim dos anos 80 e 90, por isso já vale e muito, num nível de atuação acima da média pra filme desse porte, e é um petisco e tanto para quem não curte tranqueiras, já para os fãs um filme que recomenda-se pra ontem, e com um final que para mim, em particular, surpreendeu. Definitivamente, esse filme não tem um desfecho clichê! E isso vale para você que busca originalidades a parte.


Evil Ed (1995)

Evil Ed é tudo que um filme Trash é, feito para ser engraçado, sanguinolento, bizarro, 'aterrorizante', mas ele é tudo isso e um pouco mais, pela ousadia de explorar um pequeno território nunca antes explorado e pela cabeça fria dos produtores dele, o filme soube muito bem que pista seguir, abusando dos clichês de maneira debochada e intencional, ao menos não usou como subterfúgio para uma cópia de quinta categoria, ao invés disso colocaram logo os pôsteres dos filmes que eles decidiram chupar na parede, em diversas cenas, explicitamente indicando, Evil Ed é um filme divertido, e muito ameno desse lado clichê, o clichê dele também diverte, supera uma tranqueira qualquer.


O Soro do Mal (1988)

Tem cena bizarra, tem morte tosca, tem gore pra caramba, tem atuação meia boca, mas também tem um elenco sério, produção tão séria quanto, identidade visual certeira e trilha sonora divertida. Não existem muitos filmes como esse por ai, é divertido ao extremo, mais do que qualquer outro aqui nessa lista porque cogita coisas tão simplórias e desejadas, cogita e brinca com os desejos das pessoas, com os desejos da mente, é um filme de roteiro original, feito de uma forma que chamá-lo de Trash (apesar de tudo) é desrespeitoso.


A Noite dos Demônios (1988)

Todos conhecem aqueles filmes sem potencial desde a sinopse, a começar por uma história boba, beirando insensivelmente as influências antepassadas quando muito, um pouco diferentes mas sempre clichês, bom, esse definitivamente não é o caso de Night of the Demons... E o fato dele estar acima da média dos padrões de filme Trash é justamente esse, ele tinha tudo pra ser uma tranqueira das grandes, tal como foram com as sequências do primeiro filme, que já perderam mais a linha, não este, este primeiro filme explora muito bem seus propósitos num estilo muito autêntico.


Mensageiro do Satanás (1981)

Ele é outro que poderia sim ser um Trash qualquer, bastasse uma mal administração e não seria muito difícil, basta olhar seu elenco, direção com diretor de pouco sucesso, roteiro bizarro, mas isso foram coisas que ele não teve, ao mesmo tempo a simplicidade de Evilspeak é o que torna ele um puta filme na minha opinião, segue um propósito claro, uma finalidade, ele não se perde no caminho, e o satanismo dele tem cenas um tanto quanto exageradas mas dentro de um perfil tão notório de brutalidade apropria que soube se encaixar definitivamente, um filme de quem sabia o que estava fazendo sem querer impressionar da forma incorreta, por isso e muito mais, está acima dos padrões de filme Trash.

Retrato de um Assassino (1986)

Esse não é lá Trash, é mais um filme que pode ser mal interpretado e que está fadado a ser considerado isso tendo em vista que foi mal sugestionado desde sua concepção, com uma história bem peculiar mas com um visual bem cru, frio, não que por isso seja ruim, não tem nada de errado com ele e acredito que é da melhor forma possível, e essa distinção na brutalidade do filme não é assintomático de Trash. Excelente filme.

Síndrome de Ebola (1996)

Ebola Syndrome não é um filme Trash qualquer, pode ter certeza! Num misto entre tudo que o Terror tem de mais bizarro, é para quem curte realmente tranqueiras mais podronas, com um cara muito do nojento e tido por muitos como um dos personagens mais repugnantes, o que leva ao fator dele estar acima da média, o personagem principal, centro da história, é tão ordinário, canalha e filho da puta que você só fica torcendo para que ele se dê mal, de uma forma ou de outra, ele prende a atenção e se põe no lugar certo, uma vez que nunca se propôs como um filme para ser realmente levado a sério, os toques de tosquice de Ebola Syndrome são o que lhe faz valer a pena... Para quem gosta, se você não gosta, passe longe.

Street Trash (1987)

Street Trash é Trash desde sua mais minuciosa origem, mas não é atoa que ele é tão reconhecido e popular entre os filmes que se supõe que sejam um lixo, é um filme pra se divertir, definitivamente não para ser levado a sério mas tem jogadas peculiares que fazem a pena valer todo o "projeto de filme". Street Trash foi planejado muito antes de ser feito, mas já com uma premissa boa, num roteiro que pouco se viu nos catálogos de derretimento do cinema de Terror, por isso ele é tão considerado e pode-se dizer acima do padrão Trash, por mais que ele se intitule de tal maneira, será sempre um filme divertido de ser assistido, por sua excelente produção visual, atuação recatada num padrão aceitável mas que não foi feita para ser primorosa, mas engraçada. Vale a pena!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

35 imagens em preto e branco dos bastidores de "O Exorcista" (1973) em alta definição!

Sem sombra de dúvidas, um dos filmes mais adorados do gênero de Terror é O Exorcista (1973) de William Friedkin, o filme mais clássico e marcante de exorcismos que o mundo já viu, e para tira gosto (eu sei que é muito pouco) mas deixou aqui essas 35 imagens em preto e branco dos bastidores de "O Exorcista" (1973) em alta definição! Em breve tem mais, não esqueçam de curtir, seguir e fiquem a vontade para comentar o que quiserem comentar.



























E como esquecer... Dessas? Clássicas.






Fonte das imagens: Todas retiradas no Google, melhoradas.
Todos os direitos reservados aos autores das imagens, uso sem fins lucrativos.

10 Episódios indispensáveis de Contos da Cripta

Você quer assistir ao Contos da Cripta mas não tem tempo ou paciência para enfrentar 2.340 minutos (ou 39 horas) de episódios? Tudo bem, iremos dar a recomendação de 10 episódios essenciais e os melhores de todos, na minha humilde opinião de fã de carteirinha da série... Até porque muitos episódios não valem a pena e outros com exceções de elenco ou curiosidades, não é caso destes 10 eps. Todos são excelentes, de uma forma ou de outra, e são indispensáveis por estarem acima da média, indicado para fãs de Terror anos 80 e 90.

Um fato é que a maioria dos eps. da série contou com plot twists, reviravoltas, coisas que te pegam de surpresa no finalzinho, e isso foi difícil de se esquivar até mesmo nessa lista variada, de seasons variadas, sendo que quatro ou cinco episódios podem ter essas características, mas são todos bons e possuem seus diferenciais, e do primeiro ao quinto são os melhores que já vi da série, indiscutivelmente para mim (podendo alterar as ordens, com exceção do primeir…

Os brilhantes mapas dos Estados Unidos e Europa representados por filmes de terror!

Um usuário do imgur publicou algo muito curioso: Todos os estados dos Estados Unidos da América com suas respectivas localidades e estados e dando uma referência de vários grandes filmes de terror foram filmados, uma em cada estado.

Isso me deu a ideia de fazer esta postagem, é sempre interessante conhecer sobre esse tipo de coisa, e olhando por esses mapas temos uma percepção diferente, mais próxima, de alguma forma. Bem curioso pela trivia, fora casos peculiares de obviedades como Texas Chainsaw Massacre, que todos sabem onde foi feito, é legal conhecê-los dessa outra maneira. Confira:

*Vou deixar um mapa com os nomes dos estados abaixo.





E se você pretende visitar lá... Cuidado!



No entanto, essa ideia de um mapa com filmes de terror não é tão nova. Há um tempo atrás alguém do blog Reddit postou um super-mapa com diversos filmes do gênero por estado, você pode confirir aqui o PDF original em alta qualidade. Ou, caso prefira, clicar na imagem abaixo, para abrir uma nova janela.



E par…